APRESENTAÇÃO

O Alentejo é a principal região produtora de azeite, responsável por 85% da produção nacional. Nas últimas duas décadas, Portugal duplicou a sua produção e tornou-se o quarto maior exportador de azeite no planeta. Com o crescimento da produção, cresceram os desafios para a gestão dos subprodutos e resíduos provenientes da extracção do azeite de oliva. Apesar de altamente poluentes e fitotóxicos, os compostos residuais têm valor comercial e vasta aplicação na indústria, de fertilizantes e biocombustíveis à farmacêutica e cosmética. Este estudo tem o objetivo de mapear os subprodutos e resíduos provenientes de lagares da região do Alentejo. Compõe a tese de mestrado em Engenharia Alimentar pelo “Instituto Superior de Agronomia”, (ISA).

PAPER DE APRESENTAÇÃO DO PROJETO PRO AZEITE AO SEMINÁRIO DE DISSERTAÇÃO EM 24 DE JANEIRO DE 2020

FASE I - MAPEAMENTO DE SUBPRODUTOS E RESÍDUOS DE AZEITE

Atualmente, não há fonte de dados que permita uma caracterização precisa dos tipos, distribuição geográfica e das quantidades de subprodutos e resíduos gerados com a produção de azeite. A construção, ainda que rudimentar de valores de referência destes compostos, pode contribuir para a elaboração de estratégias e políticas de valorização de subprodutos e resíduos. A FASE I do PROJETO PRÓ AZEITE tem o objetivo de mapear a geração de resíduos da produção de azeite no Alentejo por meio de questionários e análise de dados dos produtores de azeite.

FASE II - ESTUDO DE VALORIZAÇÃO DE SUBPRODUTOS E RESÍDUOS DE AZEITE

A FASE II do projeto, não contemplada na dissertação de mestrado, visa apontar soluções de valorização para os diversos subprodutos em consonância com as características da Região do Alentejo, sua economia, clima e cultura. 

EQUIPA

Felipe Muniz

MESTRADO ENG. ALIMENTAR (ISA)

 

Estudante do último semestre em Engenharia Alimentar pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA), Universidade de Lisboa.
O Projeto atual é a base de sua tese de mestrado que visa mapear os subprodutos de azeite no Alentejo.

PROFESSORA CATEDRÁTICA DO ISA
(Engenharia de Biomassas)

 

A Dra. Elizabeth Duarte é atual docente do Instituto Superior de Agronomia (ISA). Possui vasta experiência em pesquisa em biosistemas e valorização de resíduos. 
É egenheira química com mestrado pela Universidade Oxford e doutoramento pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

  • Facebook
  • Instagram

© 2020 Felipe Muniz. © PRÓ AZEITE. Todos os direitos reservados.
AVISO LEGAL. Todo o conteúdo e informação tais como: textos, gráficos, questionários, imagens, logomarcas, logótipos contidos neste sítio e links estão protegidos pela lei de proteção à propriedade intelectual. Qualquer uso, incluindo, mas não limitado a reprodução parcial ou integral, para uso pessoal, comercial ou académico, independente da finalidade será permitido somente sob autorização escrita do autor. Os logótipos e marcas de terceiros disponíveis neste site são de inteira propriedade de seus detentores.